quarta-feira, 11 de agosto de 2010

ler em voz alta, preguiça alheia e desabafos coesos

Me incomoda um pouco o fato de eu postar mais fragmentos de textos ou músicas alheias do que escritas minhas por aqui. Não que eu não goste de escrever, acho isso meio paradoxal pra quem tem um blog; eu amo escrever. O problema vem da minha falta de segurança em publicar minhas autorias; eu não gosto do que eu escrevo, eu só mostro pro mundo quando eu gosto mesmo.
Tem uma grande diferença entre gostar e gostar mesmo, geralmente ela começa na barriga e depois vai ficando mais visível quando eu começo a reler várias vezes em voz alta. Nos livros, eu geralmente mostro essa diferença com um lápis e minha destreza em fazer linhas embaixo das palavras. Eu não sei como eu demonstro quando eu gosto mesmo de alguém, mas eu sei quando eu gosto mesmo de alguém e, geralmente, alguém sabe quando eu gosto mesmo de alguém, porque eu acabo dizendo...
Eu tenho dificuldade em demonstrar sentimentos diversos e isso meio que se torna um incentivo a minha insegurança quanto a me expressar. Em geral, eu não ligo pro julgamento negativo que as pessoas fazem de mim, na verdade, o que me dá medo é a incapacidade de interpretação e compreenção do mundo. Além da preguiça que me dá discutir por conta da preguiça alheia de pensar.

O que eu queria escrevendo isso aqui, na verdade não era explicar porque eu não escrevo muito por aqui (até porque eu tenho rascunhos infinitos) ou pra comentar a minha dificuldade em apertar o botão "publicar postagem". Eu tenho esse blog como um ouvido ambulante sobre a minha vida e eu acho que as vezes é melhor ouvir um desabafo de uma maneira diferente do que eu tentando ser coesa em dizer o que eu penso.

Eu me encontro por aí e as vezes vem a calhar uma vontade de guardar por aqui o que eu encontrei.

2 comentários:

  1. Não tenha medo de publicar o que pensa.

    ResponderExcluir
  2. Li o outro post antes e bem tava pensando "nossa, a Sofia escreve tão bem. Prefiro esses aos posts mais aleatórios e fragmentados"

    Não vou dizer nada sobre medo porque eu sou o mestre nisso HEH alô quem nunca mais postou nada no blogspot

    ResponderExcluir

Obrigada por ter lido.